Fale com o governo

Prospera já investiu R$ 4,4 milhões em favor de 398 empreendedores

O décimo lote do Prospera liberou mais R$ 359,7 mil para 39 microempreendedores no Distrito Federal. Desde o início do ano, o governo já acumulou R$ 4,4 milhões em cartas de microcréditos para 398 beneficiários.

A entrega do décimo lote ocorreu na manhã desta terça-feira (25), no Setor Comercial Sul, no auditório da Secretaria Adjunta do Trabalho, da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.

Matheus Lacerda de Melo, de 22 anos, foi contemplado. O empresário, que atua no comércio de bebidas e há dois anos abriu o próprio negócio, diz que o crédito trará um impulso importante. “Vai gerar capital, além de ser uma ajuda muito grande para a empresa crescer.”

A empresária Maria Luzineide Pereira, de 58 anos, conta que é a quinta vez que recebe recursos do Prospera. “É um investimento para o meu negócio, e, graças a ele, tenho a minha loja em Samambaia”, relata.

A empresária, que revende roupas infantis, explica que essa foi a alternativa encontrada quando não conseguiu mais uma vaga de emprego, em 2004. Atualmente, Maria se vê realizada com o seu negócio.

Comércio lidera operações contratadas

De acordo com a Secretaria Adjunta do Trabalho, a meta é investir R$ 11 milhões neste ano. Por atividade, o comércio aparece com o maior número de operações contratadas (45%), seguido por agricultura (32%), serviço (13%), indústria (5%), pecuária (4%) e artesanato (1%).

O programa, segundo o secretário adjunto do Trabalho, Thiago Jarjour, é impactante, principalmente em um momento delicado como o que vive a economia. “Numa época em que falta trabalho, muitos então criando o próprio negócio. Vemos isso com a quantidade de novas pessoas que estão aderindo ao microcrédito”, explica Jarjour.

O secretário ressalta, ainda, que a entrega do Prospera também auxilia na manutenção dos postos de trabalho já existentes.

Mapa do Site Dúvidas frequentes Comunicar erros