Fale com o governo

Cine Brasília recebe Mostra de Animação Russa

São 37 filmes para adultos e crianças, de 20 diretores da Rússia e da ex-União Soviética. Programação inclui ainda mesas-redondas e palestras com diretora russa. Coletânea fica em cartaz de 27 a 30 de julho.

Brasília recebe pela primeira vez a Mostra de Animação Russa, que exibirá 37 filmes produzidos na Rússia e na antiga União Soviética. A coletânea ficará em cartaz no Cine Brasília (106/107 Sul)de 27 a 30 de julho.

As animações serão apresentadas nas versões dublada e/ou legendada, com sessões específicas para crianças a partir de 4 anos.

A programação homenageia também a retrospectiva de três diretores e animadores russos: Yuri Norstein, Alexander Petrov e Svetlana Filippova.

A exibição tem por objetivo apresentar aos brasileiros filmes da Escola de Animação Russa e diretores que influenciaram o gênero no mundo. Entre eles estão Petrov, vencedor do Oscar de Melhor Curta de Animação de 2000 pelo filme O Velho e o Mare indicado novamente à estatueta em 2007 com o título Meu Amor.

“A mostra é um projeto excepcional. É sempre importante trazer programas como esses, que abordam outras culturas, além de o cinema de animação russo ser um dos mais influentes no mundo”, justifica Sérgio Moriconi, programador do Cine Brasília. A sala tem 619 lugares.

Histórias, músicas e folclore russos

Além dos desenhos, os espectadores poderão conhecer um pouco mais sobre a cultura russa, inclusive histórias, músicas e folclore presentes nos filmes apresentados. É o caso de Quebra-Nozes, de E.T.A Hoffman, com trilha do compositor Piotr Tchaikovsky.

O público também poderá conhecer a obra do poeta Kornei Tchukóvski, considerado o mais importante autor infantil da Rússia. Dois filmes baseados em produções do escritor serão exibidos, e o livro Tarakã, o baratão, com tradução para o português, será lançado na sexta-feira (28).

As 37 películas escolhidas vão de 1950 a 2014, algumas produzidas ainda durante o período da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), criada em 1922 e dissolvida em 1991.

Além do cinema clássico, a ex-União Soviética destacou-se como uma das maiores produtoras de animações, tradição que se mantém nos dias de hoje na Rússia.

Programação paralela com diretores e críticos

Uma programação paralela inclui palestras com diretores e críticos especialmente convidados. No sábado (29), a diretora Svetlana Filippova estará presente às mesas-redondas dedicadas aos significados e às perspectivas da animação cinematográfica, com tradutor simultâneo.

A mostra é uma iniciativa da produtora Ars Et Vita, em parceria com a Secretaria de Cultura, que cede a sala do cinema, e com patrocínio do Banco de Brasília (BRB).

Acesse o link com a programação completa. O ingresso custará R$ 6 (preço único).

 

Mostra de Animação Russa

De 27 a 30 de julho

No Cine Brasília (106/107 Sul)

Ingresso: R$ 6 (preço único)

 

 

CÉSAR FILHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA

EDIÇÃO: VANNILDO MENDES

 

Mapa do Site Dúvidas frequentes Comunicar erros